Seja muito bem-vindo ao Sonhos que vivo. Amores que sinto!


Seja muito bem-vindo (a) ao "Sonhos que vivo. Amores que sinto"!

Cada postagem que você encontrar aqui, foi escrita e publicada com muito carinho. Esse blog foi feito para você!
Aqui você encontrará lindos poemas de amor, de amizade, saudades e, agora com a super novidade: poemas religiosos (poemas gospeis)!
Você encontrará reflexões, versos, mensagens e ainda poderá deixar a sua opinião, participando do blog e ajudando a melhorá-lo, afinal, é importante saber a opinião dos meus leitores, pois é para vocês à quem escrevo!
Você poderá clicar nos marcadores e ir diretamente ao que lhe interessa, onde constam "poemas", "versos", "mensagens", etc...assim, facilitará a sua viagem nesse mundo de poemas, ao blog SONHOS QUE VIVO. AMORES QUE SINTO...

Obrigada pela visita aqui, espero que tenha gostado e volte sempre!
Se puder, deixe sua opinião, para que assim possemos melhorá-lo cada vez, além de deixar um toque seu aqui, um cantinho feito pensando em você, exclusivamente!

Desde já agradeço por sua visita, espero que goste e volte sempre...

Obrigada!

quinta-feira, 28 de março de 2013

Poema: " Obrigada, Pai..." ( Joserlene Brito)


Um sol brilhante anuncia um novo dia,
Aos guerreiros, a luta já vai começar,
O canto dos pássaros anuncia
Que já é hora de despertar...

A natureza parece uma sinfonia,
Tudo em perfeita combinação,
O vento nas árvores dá a sintonia
A melodia das aves é a canção...

As pessoas caminham com rapidez,
Tem horas para cumprir,
As crianças brincam com lucidez,
E ao mesmo tempo começam a sorrir...

A natureza trabalha com eficiência,
Nada pode dar errado,
Às vezes não temos consciência
Da riqueza que temos por todo lado.

O meu Pai foi quem fez tudo,
Ele criou tudo pensando em mim,
De presente, me deu o mundo,
Me deu o horizonte sem fim...

Criou as estrelas com carinho,
Deu perfume às flores,
Deu vida aos bichinhos,
Deus às plantas muitas cores...

Meu Pai criou em dias o universo,
Soube detalhar tudo perfeitamente,
Me deu o dom de agradecer em versos
Tudo o que me deu de presente.

Obrigada pelos ares,
Pelos bichinhos também,
Obrigada pelos mares,
Pelas plantas e além...

Obrigada Pai, pela lua prateada no infinito,
Obrigada pelo meu caminhar,
Obrigada por eu poder enxergar o que é bonito,
Obrigada pelo o meu falar...

Obrigada pela minha inspiração,
Obrigada por toda a natureza,
Pelo amor que vive em meu coração,
Obrigada pela vida e sua beleza...

Obrigada por tudo o que hoje sou,
Obrigada por tudo o que tenho,
Obrigada por onde ainda vou,
Obrigada por onde eu venho...

Eu só tenho a agradecer,
Obrigada, é o que de mim sai,
E por tudo, poder sempre dizer:
Obrigada, Pai!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Poema: " Meu bem" (Joserlene Brito)


Hoje, acordei diferente,
A vida parecia vazia,
Eu levantei de repente,
E ninguém por perto eu via...

Fiquei diante do espelho,
Baixei a cabeça e não me vi,
Ao lado da cama, fiquei de joelhos,
E então, à Deus pedi:

" Deus de minha fé,
Proteja sempre os meus dias,
Não me deixe ver a vida como ela é,
Proteja-me de maus companhias.
Abençoe os meus projetos,
Dê saúde à quem não tem,
Me salve dos inimigos espertos,
Me dê forças para enfrentar os desafios que  sempre vem...
Abençoe quem eu amo, inclusive o meu bem.
Coloque no bom caminho, aquele que o deixou,
Realize todos os bons sonhos, de quem sempre sonhou,
Não esqueça de proteger a minha família, que sempre me ajudou...
Ilumine as criancinhas, são a tua verdade em pessoa,
Dê sucesso à quem o busca, perdoe as almas boas.
Nunca me deixe desistir do que sonho,
Nunca deixe que eu mude quem sou,
Que eu sempre tenha coragem ao que me proponho,
Que eu sempre agradeça por estar onde estou..."

De repente, levantei e olhei para a porta,
Era hora de acordar para a vida,
Com tristeza, ninguém se importa,
Eu estava deprimida...

Não sei bem o por quê,
Não me interessa saber agora,
Disse o que poderia dizer,
O que percebia-se por fora...

Magoei uma pessoa importante,
Disse o que não deveria,
Percebi que em pouco instante
Eu perdia quem eu menos poderia...

Tive que me arrepender,
Não poderia me retratar imediatamente,
Eu fiquei sem entender
Por que às vezes acontece isso com a gente...

Não tinha o direito de fazer o que fiz,
Quase perdi o meu alguém,
Alguém que me faz feliz,
Quase perdi o meu bem...

Poema: " Imaturidade" ( Joserlene Brito)


Te disse adeus,
Isso eu não podia,
Não olhei nos olhos teus,
Não sabia o que dizia...

Quis decidir o meu caminho sozinha,
Não foi egoísmo de minha parte,
Apenas cansei de esperar quem não vinha,
Cansei de ser obra sem arte...

Arte é o teu olhar,
Arte mesmo é o teu sorriso,
Arte é o teu beijar,
Você é a arte que eu preciso...

Quis voltar atrás,
Quis me desculpar,
Quis viver em paz,
Mas sem você não dá...

Disse o que não queria dizer,
Disse apenas o que deveria,
Mas, não consegui convencer
Que sem você eu seguiria...

Meus caminhos lhe trouxeram,
O motivo, eu desconheço,
Teus carinhos me disseram
Que são eles o que eu mereço...

Me desculpe tudo o que falei,
Imagine que foi uma brincadeira,
Estar contigo, eu sempre estarei,
Hoje, amanhã, a vida inteira...

Ainda que a vida inteira seja segundos,
Nunca se sabe o dia de amanhã,
Se um instante muda o mundo,
Pode mudar a minha filosofia vã.

Não sei se sou insegura,
Não sei se é a minha idade,
Para mim, nada cura
Excesso de imaturidade.

Meu bem, desculpe o que aconteceu,
Não vai mais se repetir,
O erro foi somente meu,
Não tenho o direito de lhe punir.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Poema: " Não morreu" ( Joserlene Brito)


Quando o sol se pôr,
Venha aqui me encontrar,
Esqueça o que passou,
Não deixe a noite acabar...

Sempre foi assim,
Nunca nada deu certo,
Mas não leve de mim
O que eu preciso ter por perto...

Preciso de seu coração,
Que ele pulse junto ao meu,
Preciso de minha razão,
Que junto à sua se perdeu...

Toque os meus lábios carinhosamente,
Deslize o teu olhar sobre o meu corpo,
Me ame com as mãos lentamente,
Tire de mim o juízo, que já é tão pouco...

Está anoitecendo devagarinho,
A lua já está tão bela,
A solidão chega de mansinho,
Simplesmente, eu choro com ela...

As horas estão passando,
Você ainda não chegou,
A noite está acabando,
Só a saudade durou...

Espero que lembre de mim,
Pois, te esperei a noite inteira,
Você sempre foi assim,
Esperar por você é bobeira...

Mesmo que não volte mais,
Quero que saiba que à mim valeu,
Mesmo que o amor descanse em paz,
Não quer dizer que em nós morreu.

Poema: " O meu eu sem mim..." (Joserlene Brito)


Descobrir que o ontem já passou
É uma forma de perceber que nada mais voltará,
Descobrir quem eu sou
É um objetivo que me frustrará...

Eu não sou criança,
Mas, não sou mulher ainda,
Em meus sonhos guardo uma esperança,
Esta que aos poucos se finda...

Amadureci antes do tempo,
Perdi pessoas importantes muito cedo,
Tão jovem, conheci o sofrimento,
E dele, ainda tenho medo...

Penso que já não sou a mesma de antes,
Penso que a experiência me mudou,
Talvez, por coisas insignificantes
Me tornei quem eu hoje sou...

Às vezes me vejo parada no tempo,
Vejo um filme sobre mim, diante de meu ser,
Me reconheço por um momento,
Tão logo me sinto a me perder...

Já não tenho o mesmo olhar,
Muito menos, o sorriso,
Já não tenho o mesmo pensar,
Nem as lembranças que eu preciso...

Eu procuro me reencontrar,
Eu acredito que haja reversão,
Eu preciso me curar
Dessa dor que me mata a razão...

Talvez, tenha sido um erro meu,
Talvez, eu me permiti viver assim,
É certo que hoje está o meu eu,
Assim, faltando um pedaço de mim...

Ainda observo a minha risada,
Observo o meu olhar,
Também observo uma fotografia amarelada,
Na tentativa de me encontrar...

Assim, seguirei até o meu fim,
Eu sem meu ser,
Meu eu sem mim.

Poema: " Nunca mais" (Joserlene Brito)


Quero seguir sempre em diante,
Quero sorrir com alegria,
Quero ser como antes,
Viver como eu vivia...

Olharei para o futuro com fé,
Seguirei o meu rumo com razão,
Verei a vida como ela é,
Nunca mais com o coração...

Serei tudo o que eu puder,
Irei aonde eu puder ir,
Direi tudo o que eu quiser,
Esconderei o que eu sentir...

Não posso mais falar com a alma,
Não devo mais ver com o coração,
Não devo procurar um amor que acalma,
Pois todo amor nos leva a noção...

Nunca mais direi nunca,
Nunca mais direi eternamente,
Nunca mais serei louca,
Nunca mais serei inocente...

Quero que o tempo passe,
Quero que o mundo tenha um fim,
Quero que o esquecimento me lace,
Quero que você viva sem mim...

Adeus, sentimentos cruéis!
Se vão todos de meu peito,
Nunca mais serão fiéis
Aqueles que não amarem do meu jeito...

Nunca mais te olharei no rosto,
Nunca mais direi que te amo,
Nunca mais verei na vida um gosto,
Nunca mais sentirei que me engano.

Poema: " Um novo dia" (Joserlene Brito)



Não é tarde para reconhecermos que ainda dá tempo,
Não é tarde para vermos que o hoje não passou,
Não é tarde para revivermos nosso sentimento,
Não é tarde para um amor que não acabou...
Devemos recomeçar sem medos,
Devemos recomeçar com fé,
Devemos acabar com os segredos,
Devemos ver o amor como ele é...

Vamos esquecer em um canto o passado,
Vamos dar mais uma chance a nós dois,
Não importa como seremos falados,
Importa vivermos o hoje e o depois...

Olhe dentro dos meus olhos e me diga que será diferente,
Diga que tudo agora mudou,
Olhe em meus olhos e diga que não foi de repente,
Diga que à mim sempre amou...

Erros acontecem,
Quem nunca errou?
Erros se esquecem,
Quem nunca perdoou?
Eu sei que não será fácil para mim,
Talvez, nem para você,
Eu sei que nem tudo tem um fim
Quando a gente finge esquecer...

 As coisas passam aos poucos,
Alguns momentos nem se vão,
Sei que seremos chamados de loucos,
Mas, louco mesmo é o coração...
Não digo- lhe que esqueci,
Mas, posso dizer que não o julgarei,
Só eu sei o que senti,
Só Deus viu pelo o que passei...

Te aceito novamente comigo,
Independente do que passou,
Te aceito ainda comigo,
Por que mais forte que tudo, é o meu amor...

Um novo dia vai chegar,
Tudo será diferente,
Nosso amor irá se superar,
Nosso amor será nosso, unicamente.


sábado, 9 de março de 2013

Reflexão: " Aprendendo a ser feliz" (Joserlene Brito)


     Há muito tempo, eu me pergunto sobre o que realmente é ser feliz, e procuro encontrar no comportamento das pessoas alguma coisa que me direcione à uma resposta que seja...
     Eu percebo que as pessoas não sabem diferenciar alegria de felicidade, e costumam dizer que estão felizes quando na verdade, apenas alegres estão.
     As pessoas ainda não perceberam que a felicidade, assim como a eternidade, é feita de momentos, se eles duram ou não, a culpa é nossa, pois, somos nós que não sabemos aproveitar o momento o máximo que podermos, a ponto de torna-los eternos.
     Todos nós temos os nossos problemas, quem é que não os tem?
Só precisamos aprender a reconhecer que todos os problemas nos trazem lições, que os problemas servem para fazer a gente reconhecer que para tudo há soluções.
Nada é para sempre!
     Quando nos aceitamos, quando reconhecemos quem amamos, quando admitimos que amamos, quando realmente descobrimos quem somos, se torna mais fácil dizermos que somos felizes; na verdade, a felicidade é a gente quem faz!
    Aprender a ser feliz, é aprender a encontrar em casos simples, verdadeiras histórias, é encontrar em pequenas coisas, grandes lições; é ver em pessoas comuns um pedacinho de nós; é saber ser humilde a ponto de esquecermos do "eu" para lembrarmos do "nós"...
    Aprender a ser feliz é conseguir  entender que o ontem não voltará, que o amanhã é incerto, portanto, só podemos viver o hoje, então, vivamos o nosso hoje com o melhor que pudermos oferecer.
    O ser humano é uma espécie que se supera, que se surpreende, que evolui...
    Tudo é possível, afinal, tudo o que existe hoje, já foi um dia visto como impossível...
Para que as coisas aconteçam, depende apenas de você.
    Aprender a ser feliz, é não deixar-se ser levado pelo o que os outros pensam sobre você, afinal, você é assim como você é, e não o que falam sobre você.
    Não tenha medo de dizer o que você pensa, é melhor arrepender-se de algo dito, do que daquilo que poderíamos termos dito e perdemos a nossa chance ficando calados.
    Na verdade, o segredo para ser feliz, é você nunca deixar de ser você mesmo, pois, quem ama você de verdade, gosta de você assim e lhe aceita do jeito que você é.
Pessoas que tentam mudar o que você é para agrada-lo, nem sempre são pessoas que podem amar você, e sim, pessoas manipuladoras que desejam ter o controle sobre você.
    Nunca esqueça de prestar atenção em pequenos momentos, pois são nesses pequenos detalhes que se escondem coisas maravilhosas que, não vemos por estarmos ocupados demais correndo atrás do que não deveríamos, o que pode nos distanciar do caminho da felicidade, tomando atalhos.
    Seja você, seja feliz!

Poema: " Oração à Deus" (Joserlene Brito)


Quando eu acordar,
Saberei que uma nova luta começou...
Não poderei fraquejar,
Não poderei esquecer de quem eu sou.

Quero pedir sempre à Papai do Céu
Que conceda saúde aos doentes,
Que seja aos fracos, um coronel,
Que nunca esqueça a sua gente.

Quero que o triste tenha alegria,
Que após o choro, possamos sorrir,
Quero que sempre haja um novo dia,
Que sempre eu O possa sentir.

Que Deus atenda as boas orações,
Que perdoe os grandes pecados,
Que Deus restaure os corações,
Que Ele esteja sempre ao nosso lado.

Quero louvá-lo com emoção,
Quero louvá-lo com fé,
Quero louvá-lo com razão,
Quero louvá-lo como eu puder.

Quero agradecer muito mais,
Quero pedir sempre menos,
Pois, Ele sabe o que faz,
Sabe o que merecemos.

Poema: " Não importa" (Joserlene Brito)


Para mim, não importa o tempo,
Não importa a hora,
Me importa o momento,
Me importa o agora.

Não importa o esquecimento,
Não importa o chorar,
Me importa o pensamento
Quando de ti eu lembrar.

Não importa a pressa,
Não importa o prazo,
Me importa que não me peça
Para não fazer o que por ti faço.

Não importa o que vão dizer,
Não importa o que vão pensar,
Me importa estar com você,
Aqui, e em qualquer lugar!

Não importa que haja desculpa,
Não importa que haja imprevisto,
Me importa o que lhe preocupa,
Me importo com aquilo que não desisto...

Não importa o que você irá falar,
Não importa o que eu irei fazer,
Me importa você me amar,
Metade do que eu amo você...

sexta-feira, 1 de março de 2013

Reflexão: " Ser diferente" (Joserlene Brito)


Ser diferente não é ter uma deficiência física,
Ser diferente, é conseguir fazer coisas "impossíveis",
Não é ser popular, é ser humilde,
Não é ter status, é ter história...

Ser diferente, não é colecionar bens,
É conseguir ser amado pelo o que é,
Ser diferente não é apenas conseguir perdoar,
Ser diferente, é também, conseguir pedir perdão...

Ser diferente, não é ser mais ou menos,
Ser diferente, é conseguir se aceitar acima de tudo...
É ser feliz sem estar acima de todos.

Ser diferente não é ter uma aparência rara,
Ser diferente, é conseguir ser você mesmo nesse mundo atual em que vivemos.

Ser diferente não é ter milhares de amigos, é ter amigos verdadeiros, ainda que em pouca quantidade...
Ser diferente não é dizer que não precisa de nada mais, é dizer que nada é mais importante do que aqueles que temos à nossa volta...

Ser diferente é você se perguntar todos os dias qual o seu objetivo de vida e ir em busca dele, aonde quer que ele esteja...Seja você, seja diferente!

Poema: " Amor secreto" (Joserlene Brito)


Estou amando alguém que não sabe,
Que me faz feliz sem ver,
Quando o vejo, algo me invade,
Não sei dizer bem o quê...

Não trocamos palavras diariamente,
Quase não nos encontramos,
O vejo passar rapidamente,
Tão pouco nos olhamos...

Entre um cumprimento e outro
Lhe arranco um sorriso,
Apenas um cumprimento é pouco,
De você por inteiro, é o que eu preciso!

As pessoas não sabem, nem precisam saber,
Eu não tenho culpa disso tudo acontecer,
Eu só quero deixar rolar,
Eu só quero ter você,
Eu só quero te amar.

Poema: " Encanto" (Joserlene Brito)





















Te vejo passar e o meu coração dispara,
Minha voz cala e minhas estruturas tremem...
Teu sorriso é o que ilumina os meus dias,
O que me dá esperança e o que me deixa feliz...
A forma como me olha, teu sorriso inocente me abala,
A tua voz certinha me enfeitiça...
Logo mais estaremos distante do outro,
Torço para que não me dê as costas,
Mas, você se vai... Você vai sozinho sem mim...
Enquanto as horas passam, eu fico ansiosa olhando o tempo lá fora,
Fico à sua procura, mas, hoje você não veio.
Saia do meu peito, medo!
Eu ainda não o ganhei, mas, não posso também, dizer que o perdi.
Agora, não sei bem o que sinto, só sei que eu rio sozinha quando lembro de você,
Quando lhe vejo, me dá uma vontade de ter conhecimento sobre tudo, somente para nunca deixar a conversa acabar....me dá vontade de te abraçar e pedir que não me deixe para trás quando você se for...
Nunca desisto do que eu quero, nunca duvido das coisas que Deus prepara para mim, e eu sei que você é presente dEle para mim...
Deixe que a vida nos leve, o nosso guia foi quem criou os caminhos, não iremos nos perder na estrada, teremos um alvo e o alcançaremos...
Estou confiante em nós, estou crente que Deus me abençoou dando você à mim, Ele me deu a felicidade através de você.
Raramente nos vemos, mas, o encanto nasce quando nos vemos, quando vejo os seus olhos em minha direção.
A gente irá ficar junto, Papai do céu não se engana, não me engana...Ele lhe escolheu para mim.
Você é o meu encanto e sempre será assim...

Mensagem aos meus leitores:



Renato Russo disse que quem acredita, sempre alcança;
Clarice Linspector disse que o homem só morre quando já não tem nenhum sonho vivo;
William Shakespeare disse que um dia você aprenderá que a pessoa que você espera que o chute quando você cair, será uma das poucas que poderá ajuda-lo a levantar-se...
Mário Quintana disse que enquanto houver sonhos e esperanças dentro de nós, seremos sempre crianças, capazes de vermos beleza na vida e de tornarmos a vida de outro bela...
Joserlene Brito disse que os sonhos são as nossas armas contra a dureza da realidade, sem essas armas não vencemos, sem elas, somos vencidos...

Nunca desista daquilo que você acredita, ainda que ninguém mais acredite nisso...
Esteja aonde estiver, nunca caminhe sem um objetivo, pessoas que caminham sem um rumo definido, tendem a tomar atalhos e se perdem com mais facilidade.
Nunca desista de seus ideais, ainda que seu ideal seja apenas acordar amanhã tendo o direito de viver como quiser...
A vida não é fácil para aqueles que ficam parados, ela é justa para aqueles que vão em busca dela, a vida não é um jogo, mas, vale à pena seguir as regras, vale à pena jogar as cartas, vale à pena ter mais de um jogador nela...Viva a sua vida da forma que lhe faz feliz, não da forma que fará outra pessoa feliz, até mesmo por que, quando você se der conta de que perdeu tempo demais tentando agradar aos outros, você também perceberá que ninguém abriu mão de sua própria vida por você.
A sua vida diz respeito somente à você, é a você que ela tem que valer à pena, as pessoas são consequências, são experiências...são presentes...mas, você, sempre deverá ser você mesmo!

Poema: " Mulher poema" (Joserlene Brito)


Tenho o corpo compacto,
Os olhos castanho escuro,
Minhas ideias causam impacto,
Tenho na voz um sotaque puro...

Meu manequim é trinta e seis,
Vivo tingindo o cabelo,
Meu sotaque é nordestinês,
Meu momento é mineiro...

Amo meus pés,
Tenho a boca pequena,
Gosto de musicas internacionais,
Minha pele é morena...

Sou poetiza desde criança,
Sou apaixonada por calor,
Sou alguém que não teve infância,
Sou alguém que não tem sorte com o amor...

Carrego inspirações na memória,
Saudade é o meu tema,
Sou o que fiz em minha história,
Sou uma mulher poema.